• Banner Blog

Resultados falso-negativos para covid-19: entenda o que eles são!

Autores*: Ingrid Lourenço, Mateus Jorge Nardelli, Gabriella Yuka Shiomatsu, Vitor Yukio Ninomiya, Ricardo Tadeu de Carvalho.

Você já ouviu falar sobre resultados falso-negativos para covid-19? Eles acontecem quando um teste para covid-19 dá negativo, mesmo quando a pessoa tem a doença. Quase nenhum teste diagnóstico é perfeito e todos podem apresentar erros! O resultado falso-negativo é um exemplo disso e pode acontecer em qualquer teste diagnóstico.

Então, você deve estar se perguntando: como saber quando o teste tem o resultado verdadeiro, não é mesmo? A resposta é simples: confie no seu médico. O diagnóstico de qualquer doença não é feito apenas pelos testes. Eles são apenas mais uma ferramenta que os médicos utilizam.

O profissional de saúde vai analisar todo o contexto, sinais e sintomas que você apresenta para chegar em uma resposta mais precisa. Continue a leitura para entender melhor sobre os testes para covid-19 e seus resultados.

 

O que são resultados falso-negativos e falso-positivos?

O resultado dos testes para coronavírus pode ser:

  • verdadeiro-positivo: resultado positivo em uma pessoa que está infectada pelo vírus;
  • verdadeiro-negativo: resultado negativo em uma pessoa não-infectada pelo vírus;
  • falso-positivo: resultado positivo em uma pessoa não-infectada pelo vírus;
  • falso-negativo: resultado negativo em uma pessoa infectada pelo vírus.

 

O que determina a confiabilidade de um teste para coronavírus?

Três aspectos fundamentais influenciam na confiabilidade de qualquer exame, inclusive nos testes para coronavírus:

  • acurácia do exame: é medida pela sensibilidade e especificidade do teste. Nenhum teste é perfeito, ou seja, 100% sensível e 100% específico. Quanto maior a acurácia do exame, maior a chance de seus resultados mostrarem a realidade;
  • prevalência da doença: o número de casos circulantes da doença influencia na confiabilidade do teste! Locais em que a covid-19 está mais disseminada apresentam maior chance de um teste ser verdadeiro-positivo; 
  • carga viral da doença: o período de incubação do coronavírus e início dos sintomas variam entre 7 e 14 dias. Isso quer dizer que o vírus fica silencioso por esse tempo ao infectar uma pessoa. Depois disso, ocorre o período de maior carga viral no corpo, aumentando a chance do teste tipo RT-PCR identificar o vírus. Mais para frente, os anticorpos começam a surgir e aumentam a chance dos testes sorológicos identificarem a doença.

Ou seja, a confiabilidade de um teste depende de suas próprias características e do estágio da doença em que a pessoa se encontra. Assim, os diferentes tipos de testes devem ser indicados corretamente para que seu resultado seja confiável. Por isso, somente devem ser feitos a pedido de um profissional de saúde.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) é responsável por regularizar os testes de coronavírus e acompanhar o desempenho destes produtos junto com a INCQS/Fiocruz. A ANVISA atualiza frequentemente os testes para coronavírus que estão regularizados.

 

Quais fatores podem influenciar o resultado do teste?

Tanto o teste molecular (RT-PCR) quanto os testes sorológicos (como o teste rápido) podem apresentar resultados errados. O momento de realização e características do teste utilizado (molecular ou sorológico) são fatores importantes

Veja bem: o RT-PCR amplifica a quantidade do material genético do vírus em uma amostra de secreção, então é necessário fazê-lo quando a quantidade de vírus (carga viral) no paciente pode ser encontrada na amostra. Quanto maior ela for, mais preciso é o resultado. Com isso, o RT-PCR é mais confiável nos primeiros dias de início dos sintomas da doença!

Já o teste rápido identifica anticorpos contra a covid-19, que demoram um tempo para ser produzidos. Por isso, ele é mais confiável após aproximadamente 8 depois do início dos sintomas. Se o teste for realizado fora do período ideal, o risco do resultado ser falso-negativo para covid-19 aumenta. Ou seja, a chance de uma pessoa infectada apresentar um resultado negativo aumenta! Por isso, é essencial que a realização do teste para coronavírus tenha indicação médica.Além disso, caso seja feita coleta de forma incorreta da amostra, há risco de contaminação (falso-positivo) ou de pouco material do vírus (falso-negativo).

 

O que significa um resultado falso-negativo para covid-19?

O resultado falso-negativo é um receio coletivo: uma pessoa infectada com resultado negativo pode acabar deixando de fazer o isolamento domiciliar e transmitir o vírus. Portanto, os testes devem ser sempre indicados e interpretados por profissionais de saúde.

Afinal, a decisão de isolamento domiciliar não deve ser feita apenas com base em testes. O médico vai avaliar cada situação.

Por exemplo…


  • se uma pessoa faz o teste rápido três dias após ter tido contato com um amigo com covid-19, o teste muito provavelmente dará falso-negativo mesmo que ela esteja com o vírus. Essa pessoa poderá desenvolver os sintomas em até 14 dias, e transmitirá o vírus para muitas outras pessoas!;
  • se uma pessoa apresenta quadro gripal iniciado há um dia e faz o teste RT-PCR, pelo fato do pico da carga viral ser após 3 a 5 dias de sintomas, o exame tem chances de dar falso-negativo, mesmo com a pessoa estando doente.

 

Então, vale a pena fazer algum teste para saber se tem/teve covid-19 por conta própria? Não! É importante discutir isso com seu médico, pois ele saberá a real importância do exame para você e irá indicar a medida preventiva certa, já que:

  • se for falso-negativo, você poderá contaminar outros;
  • se for falso-positivo, você pode afrouxar nas suas medidas de prevenção e contrair a doença;
  • além disso, os testes rápidos ainda não apresentam estudos satisfatórios em assintomáticos. Por isso, não conhecemos sua verdadeira acurácia nesses casos.

Pronto, agora você já entende mais sobre os testes de coronavírus e a importância de realizar o teste correto no momento ideal. Devemos ter atenção para os resultados falsos-negativos por aumentar o número de infectados pela falta de isolamento. Caso tenha alguma dúvida sobre os testes, acesse o documento de perguntas e respostas criado pela ANVISA. Leia também sobre como o teste rápido e o PCR-RT para covid-19.

 

  

Quer entender melhor os termos e conceitos sobre o novo coronavírus e a pandemia de covid-19? Acesse o nosso Dicionário "Para Entender a Pandemia"!

*Este post foi escrito pelos alunos da Faculdade de Medicina da UFMG pela parceria da SES-MG com o projeto Adote sua Vizinhança em Tempos de covid-19

© 2022 SES - Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais. Desenvolvido pela Assessoria de Comunicação Social.