#SOBREVIVEMOSMG - Éder

“É um vírus que está aí. Temos que nos prevenir e fazer de tudo para não pegá-lo”

Éder Augusto da Silva, de 35 anos, mora na cidade de Córrego Danta, com pouco mais de 3 mil habitantes. Éder é socorrista do Samu na cidade de Luz e, em junho, após socorrer uma pessoa contaminada pela covid-19 e, mesmo usando equipamento de proteção individual (EPI), começou a sentir os primeiros sintomas da doença.

Primeiro, veio uma dor de garganta, depois uma pressão no ouvido. “Pedi ao médico que olhasse o meu ouvido e ele disse que não havia nada. No outro dia, vi que havia algo errado. A dor de garganta continuava e eu estava com tosse”, recorda. Éder fez o teste para a covid-19 e toda a equipe do Samu com a qual trabalhava foi afastada e mantida em isolamento.

“Ficamos todos em quarentena. Eu sentia dor no corpo, na garganta, tive vômito, não conseguia dormir nem comer”, conta. Com o exame positivo para a o novo coronavírus, Éder, que mora com pais idosos, se isolou dentro da própria casa e teve monitoramento constante de médicos e psicólogos, por meio do aplicativo do Governo de Minas, o Saúde Digital.

Graças a esse atendimento, segundo ele, conseguiu ter mais serenidade para vencer a covid-19. “Quando você tem o diagnóstico, você não sabe o que vai acontecer com você. Vivemos em uma sociedade que julga e, na minha cidade, eu vivi preconceitos. E a cabeça fica ruim”, diz.

Com as orientações psicológicas, os dias foram passando mais tranquilos para Éder. Em pouco tempo ele se recuperou e voltou a trabalhar. Seus pais não foram contaminados e Éder diz manter todos os cuidados de prevenção novamente. “A ambulância é sempre higienizada, temos equipamentos, mas pode ser que tenha tido algum descuido meu”, diz.

Éder ressalta que na sua cidade as pessoas estão respeitando muito o isolamento e as medidas de higiene. “É um vírus que está aí. Temos que nos prevenir e fazer de tudo para não pegá-lo. A única certeza de que temos é que evitar aglomeração, usar máscaras e lavar as mãos são medidas efetivas”, afirma.

© 2021 SES - Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais. Desenvolvido pela Assessoria de Comunicação Social.