• Banner Blog

Você sabe o que são os hospitais de campanha?

Autores*: Mariana Rodrigues, Vitor Yukio Ninomiya, Gabriella Yuka Shiomatsu, Ricardo Tadeu de Carvalho.

Por que se fala tanto em hospital de campanha atualmente? A pandemia de covid-19 trouxe um aumento pela demanda dos serviços de saúde em um curto período de tempo. Assim, governos de diferentes localidades estão se mobilizando para oferecer o suporte necessário aos indivíduos acometidos pela doença. 

Nesse contexto, os hospitais de campanha tornaram-se uma das principais estratégias de controle frente à pandemia, uma vez que auxiliam no suprimento das demandas de leito no sistema de saúde, mas devem ser estruturados conforme recomendação da ANVISA.

Essas construções têm caráter emergencial, com objetivo de suprir a falta de leitos nos hospitais e, dessa forma, garantir acesso à saúde para a população. Mas você sabe como eles funcionam?

 

Você sabe o que é um hospital de campanha?

Os hospitais de campanha são centros de assistência médica construídos durante emergências de saúde pública, como a atual pandemia. Apresentam caráter temporário e geralmente são erguidos em locais não convencionais, como estádios de futebol e centros de convenção. 

Estádio de futebol vazio que pode ser um dos locais utilizados para construção de um hospital de campanha.

Seu principal alvo são pacientes adultos que não necessitam de atendimento em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas que tem um quadro de saúde que impossibilita sua recuperação em domicílio.

Como ele deve ser estruturado?

Para funcionar bem, o hospital de campanha deve contar com um espaço apropriado, uma equipe com vários profissionais qualificados, equipamentos e insumos necessários ao tratamento dos pacientes e proteção dos trabalhadores. O planejamento da infraestrutura deve prezar pela segurança e redução da transmissão viral, considerando:

  • distanciamento adequado entre os pacientes;
  • sistemas de climatização ou ventilação natural;
  • soluções para higienização das mãos.

Hospital de campanha construído no Expominas, em Belo Horizonte.

Foto: Pedro Gontijo/ Imprensa MG.

Quem é responsável pelos hospitais de campanha?

Para que as ações sejam coordenadas e eficazes, é necessário que a União, estados, municípios e prestadores de serviços estejam alinhados. De maneira simplificada, o Governo Federal formula regras e ações gerais enquanto os estados e municípios cuidam da gestão, considerando particularidades locais. A estruturação e implementação dos hospitais de campanha é uma ação conjunta: a Secretaria do Estado de Saúde (SES) estabelece parcerias entre vários entes governamentais e empresas privadas para garantir a viabilização do local. 

Quando deve ser implementado?

Então, quando devemos pensar nos hospitais de campanha? Segundo o Plano de Contingência da SES-MG, eles devem começar a ser: 

  1. planejados na fase de contenção desfavorável, ou seja, na presença de:
    1. transmissão comunitária;
    2. 11 ou mais casos confirmados;
    3. 200 casos suspeitos;
    4. 90% de ocupação dos leitos de UTI;
    5. ausência de leitos de UTI; ou 
    6. 1 óbito por covid-19.
  2. operacionalizados na fase de colapso, ou seja, quando não há mais leitos ou há falta de locais para acondicionamento dos corpos.

Isso causa bastante confusão, pois muitas pessoas não sabem que eles são uma “reserva” para momentos mais críticos. Enquanto houver capacidade nos hospitais tradicionais, esse será o local mais adequado para o tratamento.

Com o surgimento de uma doença que ocasiona uma explosão de casos tão intensa, os sistemas de saúde podem entrar em crise rapidamente. Dessa forma, os hospitais de campanha são uma alternativa para a ampliação do número de leitos e, assim, do cuidado em saúde.

Álcool e máscara para prevenção da covid-19.

Entretanto, é importante ressaltar que as principais ferramentas de enfrentamento ao novo coronavírus continuam sendo as medidas de prevenção, como higienização das mãos, uso de máscara e isolamento social. Somente assim, o aumento do número de novos casos ocorrerá de maneira controlada, de forma que os hospitais e os recursos humanos e materiais sejam capazes de atender adequadamente à demanda. Agora ficou claro o que é um hospital de campanha?

 

Quer saber mais sobre coronavírus? Siga a SES-MG no Instagram, no Facebook e no Twitter.

*Este post foi escrito pelos alunos da Faculdade de Medicina da UFMG pela parceria da SES-MG com o projeto Adote sua Vizinhança em Tempos de covid-19.

Este texto foi redigido conforme as evidências disponíveis até 27/07/2020.

© 2022 SES - Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais. Desenvolvido pela Assessoria de Comunicação Social.