• Banner Blog

Você sabe o que é uma UTI e sua importância na covid-19?

 Autores*: Guilherme Cabral Fraga Carvalho, Letícia de Melo Elias, Ricardo Tadeu De Carvalho

Desde que a pandemia de covid-19 avançou pelo Brasil, as Unidades de Terapia Intensiva ganharam as notícias. Mas você sabe o que é uma UTI? Esse tipo de instalação hospitalar é importantíssimo para o tratamento de doenças muito graves, que colocam em risco a vida da pessoa.

Na forma grave da doença causada pelo coronavírus, a Síndrome Respiratória Aguda Grave, elas são essenciais para os pacientes que precisam de respiradores. Essas pessoas precisam de uma atenção muito próxima das equipes de saúde, visto que a respiração é auxiliada por um aparelho mecânico. 

Quer entender melhor? Acompanhe!

 

O que é uma UTI?

Antes de falarmos sobre o funcionamento de UTI's, precisamos entender o significado dessa sigla e os requisitos para a existência dessa unidade hospitalar. Segundo a resolução 2.271/2020 do CFM (Conselho Federal de Medicina), as Unidades de Terapia Intensiva são locais dentro dos hospitais com um sistema organizado para oferecer:

  • suporte vital de alta complexidade, com diversas modalidades de monitorização das funções corporais essenciais para a vida;
  • suporte orgânico avançado a fim de manter a vida do paciente em “condições clínicas de gravidade extrema e risco de morte por insuficiência orgânica”. 

Entrada da urgência e emergência de um hospital

Dentro de uma UTI, os níveis de atenção que um paciente necessita também podem variar:

  • tipo II — atendem a pacientes que necessitam de nível de atenção alto;
  • tipo  III — atendem a pacientes que necessitam de nível de atenção muito alto. As UTIs devem apresentar leitos com equipamentos e médicos capazes de cuidar desses dois níveis de complexidade. 

Quais são os requisitos de abertura de uma UTI?

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária estabelece vários critérios para que um leito seja classificado como de UTI. De forma geral, eles precisam apresentar equipamentos, medicamentos, profissionais e espaços especializados para tratar os casos mais graves dentro de um hospital.

Mas você sabia que existem vários tipos de leito de UTI? Eles são:

  1. Unidade de Terapia Intensiva — Adulto (UTI-A) — é destinada para pacientes acima de 18 anos. O hospital pode usá-los para jovens de 15 a 17 anos, desde defina normas para regular essa situação;
  2. Unidade de Terapia Intensiva Especializada — focada na assistência de doenças específicas ou especialidades médicas, como neurologia e cirurgia;
  3. Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTI-N) — destinada para o cuidado de pacientes entre 0 e 28 dias;
  4. Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica (UTI-P) — voltada para a assistência a pacientes com idade de 29 dias a 14 ou 18 anos;
  5. Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica Mista (UTI-Pm) — destina-se para pacientes de 0 dias a 18 anos de idade em um mesmo ambiente.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária estabelece requisitos rígidos para cada um deles na RDC nº7/2010.

Com a emergência em saúde da pandemia, a Portaria nº 568 do Ministério da Saúde autorizou que parte dos leitos de UTIs fossem destinados exclusivamente à covid-19. Além disso, os Estados podem habilitar excepcionalmente novos leitos de UTI adulta para responder ao avanço da doença.

O que é uma UTI? Imagem de uma UTI covid-19 em Minas GeraisGil Leonardi/Imprensa MG

Quando uma pessoa com covid-19 necessita de uma UTI ?

Bom, agora que sabemos o que é uma UTI e os seus requisitos básicos para funcionamento precisamos entender quando um paciente deve ser encaminhado a essa unidade. O Ministério da Saúde, nas Orientações de Manejo de Paciente, explica os critérios técnicos para essa decisão. 

A linguagem desse manual é um pouco complicada. De forma geral, você precisa entender  que a internação de uma pessoa na UTI por Síndrome Respiratória Aguda Grave é feita quando há sinais de que pulmão do paciente não está sendo capaz de oxigenar o sangue e os órgãos de forma compatível com a vida em curto prazo.  

Como discorremos pelo texto, para o funcionamento de uma UTI existem alguns requisitos básicos e a necessidade de equipamentos para monitorização do paciente e suporte de vida. Alguns desafios têm sido observados na abertura de novos leitos de UTI, tais como a compra de respiradores, a contratação de profissionais de saúde e o espaço físico adequado para a instalação destas unidades.

As Unidades de Terapia Intensiva têm sido uma ferramenta de suma importância na recuperação de pacientes por covid-19. Sabendo que existe uma população de risco, com maior propensão a necessidade de suporte ventilatório, se faz necessária a ampliação dos leitos já existentes, visando a manutenção destas vidas. Deu para entender agora o que é uma UTI?

 

Quer continuar recebendo os melhores conteúdos sobre a covid-19? Então não deixe de seguir nossa página no Instagram!

*Este post foi escrito pelos alunos da Faculdade de Medicina da UFMG pela parceria da SES-MG com o projeto Adote sua Vizinhança em Tempos de covid-19

© 2021 SES - Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais. Desenvolvido pela Assessoria de Comunicação Social.