Romeu Zema acompanha vacinação contra a covid-19 em Montes Claros

Minas Gerais recebeu nesta sexta mais de 700 mil novas doses e vai iniciar a imunização de pessoas entre 60 e 64 anos

O governador Romeu Zema acompanhou, na tarde desta sexta-feira (16/4), em Montes Claros, no Norte do estado, o processo de vacinação contra a covid-19. Minas Gerais recebeu nesta sexta mais de 700 mil vacinas para distribuir a todas as regiões e iniciar a imunização de pessoas entre 60 e 64 anos, além de dar continuidade à vacinação dos trabalhadores da Saúde, idosos acima de 65 anos e profissionais das Forças de Segurança.

Montes Claros recebeu, até o momento, cerca de 90 mil doses dos imunizantes. Zema acompanhou a vacinação de alguns idosos e militares e conversou com profissionais da Saúde da cidade. “É extremamente gratificante presenciar mais uma vez este momento que é realmente a solução definitiva para a pandemia. Sabemos que só com a vacinação em massa vamos em alguns meses ter uma vida normal novamente”, disse o governador, lembrando, no entanto, que as medidas de higienização e o uso de máscaras ainda são muito importantes na prevenção da doença.

“Aproveito a visita a Montes Claros para comunicar que estamos recebendo uma grande carga de medicamentos que são utilizados em UTIs e vão permitir que hospitais trabalhem com menos estresse. Muitos estavam trabalhando com estoque quase próximo a zero desses medicamentos, que são fundamentais nos pacientes que estão entubados. Estamos também recebendo mais de 701 mil doses tanto para primeira dose quanto para segunda da vacina contra a covid, que estaremos distribuindo com a maior rapidez para todo o estado, fazendo com que esse processo avance mais”, afirmou o governador.

O secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti, e o vice-prefeito do município, Guilherme Augusto Guimarães Oliveira, também acompanharam a imunização em Montes Claros.

Zema ressaltou, ainda, todo o esforço de sua gestão para ampliar a capacidade do sistema de Saúde no estado no enfrentamento à pandemia. Somente na macrorregião Norte de Minas, houve um aumento de 153,9% na capacidade de leitos de UTI, passando de 115 em fevereiro de 2020 para 292 em abril deste ano. Também foram criados 670 leitos de Enfermaria, um aumento de 87,7%.

Segurança e Saúde

O secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti, afirmou que a chegada das novas doses irá permitir a conclusão da vacinação dos profissionais da Saúde, além de ampliar a imunização das Forças de Segurança.

“Recebemos agora, pela primeira vez, doses para o grupo de 60 a 64 anos. Além disso, vamos terminar de vacinar trabalhadores da Saúde e mais 6% para as Forças de Segurança e ainda aplicar a segunda dose para aqueles de 65 a 70 anos que tomaram recentemente a primeira dose”, explicou.

Vacinado nesta sexta-feira (16/4) com a primeira dose, o sargento Júnior, do 50º Batalhão de Polícia Militar em Montes Claros, valorizou o acesso à vacina para continuar exercendo o trabalho de proteção à população mineira.

“É de suma importância para a tropa ser vacinada, pois estamos na linha de frente do combate à pandemia. Para proteger os cidadãos, precisamos também estarmos protegidos”, afirmou o militar.

A inclusão dos profissionais da Segurança como prioridade no processo de vacinação foi feita após pedido do governador ao Ministério da Saúde. Zema também solicitou que os professores tenham prioridade na vacinação. 

Mãos à Obra

Ainda em Montes Claros, o governador Romeu Zema e a secretária de Estado de Educação, Julia Sant’Anna, visitaram a Escola Estadual Irmã Beata, no bairro Jardim Brasil. A instituição foi contemplada na terceira etapa do programa Mãos à Obra, com liberação de R$ 143,6 mil para reforma do muro de vedação do terreno e pintura do ginásio poliesportivo.

“Fico satisfeito do nosso projeto ter beneficiado esta escola, que conseguiu refazer o seu muro que estava praticamente destruído e também melhorar sua quadra poliesportiva. Estamos melhorando a escola fisicamente, mas vale lembrar que também estamos melhorando a qualidade do ensino com grandes avanços no Ideb. É com Educação que vamos construir um futuro melhor”, afirmou o governador.

Segundo a secretária Julia Sant’Anna, ao todo, 1.028 escolas estaduais foram contempladas nas quatro etapas do programa Mãos à Obra, com investimento previsto de R$ 232 milhões. Somente na Superintendência Regional de Ensino de Montes Claros, 30 escolas foram contempladas, com previsão de R$ 7,2 milhões em recursos.

“É uma alegria muito grande ter conseguido organizar financeiramente a Educação e já investir no programa Mãos à Obra em mais de mil escolas da nossa rede. Ver a escola bonita nos dá muita alegria e, sem dúvida nenhuma, isso influencia muito na aprendizagem do aluno”, afirmou Julia Sant’Anna.

Reforma comemorada

A diretora da Escola Estadual Irmã Baeta, Cláudia de Souza Ferreira Santos, explicou a situação da unidade e comemorou a reforma. Segundo ela, parte do muro da instituição havia sido derrubado após fortes chuvas.

“O muro estava em um estado lastimável e era muito baixo.  Além da aparência física, trouxe uma segurança maior para a escola. Executamos a obra do muro e com o restante do recurso investimos na pintura da quadra poliesportiva. Houve um reconhecimento por parte de toda a comunidade escolar”, afirmou a diretora.

Em Montes Claros, o governador esteve acompanhado nas agendas pelo deputado federal Delegado Marcelo Freitas e pelos deputados estaduais Arlem Santiago, Carlos Pimenta, Gil Pereira, Tadeuzinho e Zé Reis.

 

Por: Agência Minas
© 2021 SES - Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais. Desenvolvido pela Assessoria de Comunicação Social.