Representação gráfica do coronavírus ao microscópio eletrônico

Afinal, você sabe o que é coronavírus?

Autores*: Marcela Tozzi, Ingrid Lourenço, Vitor Toledo, Mariana Alcantara Nascimento, João Rafael Assis Alderete, Ricardo Carvalho e Mateus Nardelli
Supervisão técnica: Juliana Wilke Saliba, prestadora de serviços na SES-MG pela parceria com a OPAS

 

Você sabe o que é o coronavírus? Várias doenças que acometem as pessoas são causadas por seres microscópicos — são as chamadas infecções. Na maioria das vezes, nossas células de defesa destroem os microrganismos antes que eles causem dano ao organismo. Mas, às vezes, eles causam doenças mais graves. É o caso da infecção novo coronavírus.

Na grande maioria das vezes, as pessoas infectadas por ele não sentem nada ou apresentam sintomas semelhantes aos de um resfriado. Porém ele pode provocar a Síndrome Respiratória Aguda Grave  — um quadro que pode ser fatal. Quer entender melhor esses conceitos? Acompanhe o nosso post!

 

O que são os vírus?

Antes de responder e explicarmos o que é o coronavírus, é importante tentar entender uma outra pergunta: o que são vírus?

Os vírus são microrganismos, isto é, seres tão pequenos que não conseguem ser vistos a olho nu. Inclusive, eles são menores do que todos os outros seres que causam infecções na gente, como as bactérias e os fungos. Por isso, precisamos de máscaras reforçadas para nos protegermos.

Para enxergá-los, é necessário o uso de microscópios de alta tecnologia. Além disso, são seres que só conseguem sobreviver e se multiplicar quando estão em algum ser vivo: bactérias, fungos, plantas e animais, como seres humanos.

O que são os coronavírus?

Você sabia que não existe apenas o coronavírus da COVID-19? Coronavírus, na verdade, é uma família de vírus. Há várias espécies, que causam doenças leves ou que já causaram outras epidemias preocupantes no passado! Falaremos disso adiante.

Eles recebem o nome “corona”, porque possuem partes em sua superfície externa que dão um visual parecido com uma coroa. Corona em latim significa coroa. Essa parte é chamada de “Spike Protein”, ou “Proteína Espeto”, é ela que o vírus usa para infectar nossas células. Veja uma foto, a seguir, tirada de um microscópio eletrônico: 


Fotografia do novo coronavírus ao microscópio eletrônicoFotografia do novo coronavírus ao microscópio eletrônico. Crédito: CDC/ Hannah A. Bullock and Azaibi Tamin.

Além do coronavírus da atual pandemia, tem outros tipos de coronavírus que causam doenças na gente e em outros animais:

O que é o novo coronavírus, o Sars-CoV-2

O novo coronavírus é uma espécie de vírus, chamado cientificamente de SARS-CoV-2. Essa palavra complicada é uma sigla em inglês para “coronavírus-2 causador de síndrome respiratória aguda grave”. A SARS é a forma mais grave da COVID-19 e de outras doenças respiratórios, ela é conhecida no Brasil como SRAG.

O novo coronavírus foi inicialmente identificado em dezembro de 2019 na cidade de Wuhan, China. Os médicos locais começaram a perceber que algumas pessoas estavam com uma “gripe estranha”, pois evoluíam para casos de pneumonia bem grave.

Como você viu acima, as imagens dos microscópios eletrônicos são não muito "bonitas". Por isso, os cientistas fazem modelos computacionais em 3D. Veja, a seguir, um modelo 3D do novo coronavírus feito pelo Visual Science:

Modelo tridimensional do novo coronavírusModelo tridimensional do novo coronavírus. Crédito: Visual Science.

Como prevenir a covid-19?

Enquanto algumas perguntas ainda estão sendo respondidas, devemos garantir que todos os cuidados recomendados pelos órgãos de saúde sejam tomados:

  • lave com frequência as mãos. Higienize até a altura dos punhos com água e sabão abundantes ou com álcool em gel 70%;
  • ao tossir ou espirrar, cubra seu nariz e sua boca com lenço ou com o antebraço. Evite usar as mãos;
  • evite tocar olhos, nariz e boca se suas mãos mãos não estiveram lavadas;
  • mantenha uma distância de, no mínimo, 2 metros quando estiver fora de casa ou se alguém estiver com sintomas de gripe dentro da sua casa;
  • evite o contato físico pessoa, como abraços, beijos e apertos de mãos;
  • higienize com frequência aqueles objetos pessoais manuseados frequentemente por você ou crianças sob seu cuidado, como celulares e os brinquedos infantis;
  • nunca compartilhe objetos e peças que podem entrar em contato com o rosto e as mãos, como talheres, toalhas, pratos e copos;
  • quando doente, faça o isolamento doméstico, evitando o contato físico com outras pessoas dentro de casa, especialmente idosos e pessoas dos grupos de risco. Fique em casa até melhorar;
  • faça o distanciamento social sempre que puder, reduzindo a circulação desnecessária em locais públicos fora das recomendações locais. Sempre que puder, fique em casa. Para isso, confira sempre as recomendações do seu município e da Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais;
  • utilize máscaras caseiras ou artesanais feitas com, no mínimo, uma dupla camada de tecido. Ela deve ficar bem ajustada ao rosto e devem ser usadas sempre que sair de sua casa.

Agora que você sabe o que é o coronavírus, não deixe de tomar essas medidas preventivas. Elas são essenciais para garantir que você e seus entes queridos evitem a doença! Desse modo, poderemos vencer o coronavírus e garantir o bem-estar de todo mundo.

Quer receber as melhores dicas de prevenção contra o coronavírus? Então, não deixe de seguir nossa página no Facebook!

 Esse texto foi desenvolvido pela parceria da SES-MG com o projeto Adote sua Vizinhança em Tempos de covid-19 da Universidade Federal de Minas Gerais. 

© 2020 SES - Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais. Desenvolvido pela Assessoria de Comunicação Social.