O que fazer se tiver sintomas de coronavírus: mulher com tosse

Autores: Larissa Maria Soares Avelar, Gabriella Yuka Shiomatsu, Ricardo Tadeu de Carvalho

A primeira coisa que você deve entender é que o coronavírus não é a doença em si, mas o microrganismo que causa a doença que chamamos de covid-19. Então, você tem sintomas de covid-19, não de coronavírus. Sabemos que a covid-19 leve se apresenta de maneira muito semelhante a outras doenças, como a gripe e o resfriado comum. Dúvidas sobre quando procurar atendimento médico, quando testar e o que é um caso suspeito ou confirmado são comuns. Então, muita gente se pergunta: afinal, como saber se estou com coronavírus?

Nem sempre essa resposta é simples. Mas fique tranquilo: nos casos leves, em que há manifestações da Síndrome Gripal, o tratamento com analgésicos e antitérmicos receitados pelo médico é eficaz mesmo que o vírus não seja identificado. Quer entender melhor? Acompanhe!

Representação gráfica novo coronavírus que causa casos assintomáticos

Autores: Thuanny Granato Fonseca Silva, Gabriella Yuka Shiomatsu e Ricardo Tadeu de Carvalho

A infecção pelo novo coronavírus não vem necessariamente acompanhada por sintomas. Em outras palavras, você pode pegar o vírus e não apresentar tosse, dor de garganta ou febre, por exemplo. Essas pessoas com o vírus, mas sem sintomas, são chamadas de assintomáticos

A Organização Mundial de Saúde explica que, mesmo que não apresentem sintomas, elas podem transmitir a doença. No entanto, ainda não sabemos qual é o impacto exato dos assintomáticos na expansão da pandemia! Por esse motivo, é tão importantante tomar todas as medidas preventivas.

Quer entender melhor? Então, não perca o nosso post!

imagem do novo coronavírus ao microscópio eletrônico

Autores*: Marcela Tozzi, Ingrid Lourenço, Vitor Toledo, Mariana Alcantara Nascimento, João Rafael Assis Alderete, Ricardo Carvalho e Mateus Nardelli
Supervisão técnica: Juliana Wilke Saliba, prestadora de serviços na SES-MG pela parceria com a OPAS

 

Você sabe o que é o coronavírus? Várias doenças que acometem as pessoas são causadas por seres microscópicos — são as chamadas infecções. Na maioria das vezes, nossas células de defesa destroem os microrganismos antes que eles causem dano ao organismo. Mas, às vezes, eles causam doenças mais graves. É o caso da infecção novo coronavírus.

Na grande maioria das vezes, as pessoas infectadas por ele não sentem nada ou apresentam sintomas semelhantes aos de um resfriado. Porém ele pode provocar a Síndrome Respiratória Aguda Grave  — um quadro que pode ser fatal. Quer entender melhor esses conceitos? Acompanhe o nosso post!

Origem do coronavírus desde os animais até o homem

Autores*: Marcela Tozzi, Ingrid Lourenço, Vitor Toledo, Mariana Alcantara Nascimento, João Rafael Assis Alderete, Ricardo Carvalho e Mateus Nardelli
Supervisão técnica: Juliana Wilke Saliba, prestadora de serviços na SES-MG pela parceria com a OPAS

 

Você sabe como surgiu o coronavírus? O novo coronavírus, apesar de ser aproximadamente 250 vezes menor que um grão de areia, conseguiu perturbar o modo de vida de todo o planeta. No passado, outros tipos de vírus também surgiram e causaram surtos mundiais semelhantes ao da covid-19. Por exemplo, um tipo de vírus da gripe matou mais de 50 milhões de pessoas entre 1918 e 1920 — a famosa Gripe Espanhola.

Agora, estamos enfrentando um desafio com um tipo de vírus diferente, de outra família — os coronavírus. Para evitar que ele cause tantas mortes quanto a Gripe Espanhola, os cientistas investiram bastante para entender como ele surgiu. Ficou curioso? Confira o nosso post!

6 mitos e verdades sobre o coronavírus

Autores*: Marcela Tozzi, Ingrid Lourenço, Vitor Toledo, Mariana Alcantara Nascimento, João Rafael Assis Alderete, Ricardo Carvalho e Mateus Nardelli
Supervisão técnica: Juliana Wilke Saliba, prestadora de serviços na SES-MG pela parceria com a OPAS

 

Todos os dias, milhares de informações sobre a covid-19 são lançadas na internet. Mas nem todas elas são verdadeiras. Por diversos motivos, há pessoas que divulgam mentiras sobre a existência e a origem do coronavírus. Por isso, é preciso conhecer os mitos e as verdades sobre o novo coronavírus.

Então, você precisa ficar bem atento para não compartilhar notícias falsas — as famosas fake news. Para ajudá-lo, preparamos este post para você! Acompanhe!

Conheça o RT-PCR em tempo real, método utilizado para o diagnóstico de Covid-19

Fundação Ezequiel Dias (Funed) é a principal responsável pelo diagnóstico de covid-19 em Minas Gerais. Desde o dia 12 de março, quando passou a realizar os testes para covid-19, a Funed já analisou mais de 30 mil amostras por meio da técnica de RT-PCR em tempo real. A instituição tem recebido amostras de todo o estado, o que é um grande desafio, afirma a bióloga Talita Adelino: “O objetivo do PCR é diagnosticar a doença por meio da detecção do material genético do novo coronavírus na amostra examinada via swabs nasofaringe coletados em meio de transporte viral e enviadas para a Fundação”, explicou a bióloga. Segundo ela, as amostras devem ser acondicionadas em temperatura de 2 a 8°C.

© 2020 SES - Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais. Desenvolvido pela Assessoria de Comunicação Social.